• Est. Metro Jardim Zoológico Loja 19, 1500-423 Lisboa
  • Seg-Sex: 10:15 - 14h00* e 15h30 - 19:00

O que é a Porosidade Capilar?

  • 8 Fevereiro, 2022

O que é?

A Porosidade Capilar determina como o seu cabelo pode absorver e reter a hidratação nos fios. Pode ser dividida em 3 tipos: Baixa Porosidade, Porosidade Normal e Alta Porosidade.

Baixa Porosidade – os cabelos têm as cutículas muito unidas / “fechadas”, o que pode tornar difícil a absorção da água ou da hidratação dos produtos.

Porosidade Normal – os cabelos têm as cutículas alinhadas de forma normal, ou seja ligeiramente menos unidas que a Baixa Porosidade, o que facilita a absorção da hidratação dos produtos mas não é o suficiente para a deixar evaporar facilmente.

Alta Porosidade – os cabelos têm as cutículas mais levantadas que a porosidade normal. Torna o processo de absorção da hidratação muito rápido, no entanto estes tipos de cabelo não conseguem durar muito tempo hidratados, as moléculas de água evaporam-se facilmente e acabam secos rapidamente.

Como testar a Porosidade Capilar?

A Porosidade Capilar pode ser testada de duas formas. Uma delas é com o teste do copo de água, que já iremos explicar adiante, e a outra forma é com o nosso teste da Calculadora da Porosidade.

Teste do Copo de Água
  • Lave o seu cabelo com um champô anti-resíduos para remover a fundo toda a sujidade e acumulação de produtos. Deixe-o secar.
  • Coloque um fio de cabelo num copo com água, como mostra a figura anterior.
  • Aguarde cerca de 5 minutos.
  • Verifique se o fio de cabelo afundou rapidamente (Alta Porosidade), afundou lentamente permanecendo mais no meio do copo (Porosidade Normal), ou se apenas ficou a boiar (Baixa Porosidade).

O teste do copo de água pode não ser totalmente fidedigno e pode depender muito do estado do seu fio de cabelo, da dureza da água, entre outros fatores… Para analisar profundamente o seu tipo de Porosidade responda ao nosso questionário sobre o seu cabelo aqui na nossa Calculadora da Porosidade.

Baixa Porosidade

Um cabelo com Baixa Porosidade, teoricamente significa que está num estado saudável. As cutículas estão muito fechadas e dificultam a entrada da água e de outros produtos. Estes tipos de cabelo tendem a acumular os produtos na sua superfície não conseguindo com que sejam bem infiltrados.

Porque o seu cabelo tem Baixa Porosidade?

O seu cabelo pode ter uma baixa porosidade por inúmeros factores…

  1. Factor genético
  2. Muito uso de produtos densos (condicionadores, cremes, óleos, etc…)
  3. Demasiado uso de produtos com proteínas (ex.: máscaras, cremes/leave-in’s,…)
  4. Falta da utilização de champôs anti-resíduos (clarifying shampoos).

Sintomas de Baixa Porosidade:

  • Quando molha, o cabelo não absorve a água rapidamente.
  • Quando aplica produtos (cremes, leave-in’s, etc) parece que ficam apenas na superfície e não são bem absorvidos.
  • Se o cabelo conseguir ser bem hidratado logo de inicio, normalmente costuma permanecer algum tempo dessa forma.
  • O seu cabelo não costuma gostar de cremes pesados ou pomadas por serem demasiado densas e não conseguirem penetrar bem nos fios.
  • Costuma demorar muito tempo a secar depois de o lavar.
  • Geralmente costuma demorar muito tempo para alisar quando usa desfrisantes.

Se tem a maioria destes sintomas é provável que o seu cabelo tenha Baixa Porosidade.

Soluções:

  • Vaporizações ou usar calor durante os tratamentos com máscaras – Enquanto está a fazer tratamentos com máscaras deve fazer vaporizações ou usar uma touca de alumínio com calor (ex.: Touca térmica com manga p/ secador ou a Touca Difusora de Cetim) O vapor e o calor ajudam a levantar as cutículas, permitindo assim que os nutrientes da máscara penetrem nos fios de cabelo.
  • Hidratar no cabelo húmido  Depois de lavar o cabelo enquanto está húmido é a melhor altura para receber hidratação.
  • Fazer o Baggy Method regularmente – O Baggy Method vai ajudar a levantar as cutículas permitindo que a hidratação entre nos fios de cabelo. Clica aqui para ver o que é o Baggy Method.
  • Lavar o cabelo com um champô anti-resíduos – Deve lavar o cabelo com um champô anti-resíduos mais vezes do que imaginava. O ideal é lavar 2 a 3 vezes por mês com este tipo de champô. Isto porque um cabelo com Baixa Porosidade acumula sujidade (build up) com mais facilidade que um cabelo com porosidade normal. Clique aqui para ver os nossos champôs anti-resíduos.
  • Lavar o cabelo com Argila Bentonita – A argila é alcalina e age quase como um champô anti-resíduos, mas é natural e ajuda desintoxicar a pele, a tratar as inflamações no couro cabeludo, a curar a caspa e torna os caracóis mais visíveis e definidos. É ideal para um cabelo com Baixa Porosidade porque por ser acalina ajuda a levantar as cutículas. Clique aqui para aceder à página da argila.
  • Utilizar produtos feitos à base de água e que tenham humectantes nos ingredientes – Os produtos mais aguados e que tenham humectantes nos ingredientes são os melhores para ajudar a hidratar o seu cabelo já que estes ingredientes ajudam a atrair e a reter a água nos fios de cabelo. (Exemplo de humectantes: glicerina/glycerin, mel, propylene glycol, butylene glycol, fructose, panthenol, sodium PCA, sodium lactate, hydrolyzed silk protein, etc…) No entanto deve ter algum cuidado com os humectantes quando o ar está com baixa humidade, nesta situação deve combiná-los com produtos emolientes anti-humectantes como por exemplo a manteiga de karité ou o óleo de coco.
  • Apostar mais em produtos com ingredientes compatíveis com a Técnica NO POO – A técnica NO POO exclui o uso de certos ingredientes selantes como os petrolatos e silicones, bem como a utilização de todo o tipo de champôs. Mas como o cabelo com Baixa Porosidade acumula resíduos facilmente, não podemos excluir a utilização dos champôs! Por isso, nesta técnica só deve se focar nos cremes, máscaras, entre outros produtos que são liberados para No Poo, mas ainda assim continuar a fazer uso dos champôs. Clique aqui para ver todos os produtos que são liberados para No Poo.
  • Evitar óleos ou outros produtos muito densos a não ser que sejam bons emolientes – Os óleos ou outros produtos muito densos vão cobrir as cutículas dificultando ainda mais que se levantem na altura de hidratar. Deve sobretudo escolher usar óleos mais leves e que sejam penetrantes, por exemplo, óleo de semente de uvasóleo de argan, óleo de abacate, óleo de jojoba, óleo de baobab, azeite extra-virgem, óleo de amêndoas doces. Ou óleos ou produtos que sejam bons emolientes (ex.: manteiga de karité e óleo de coco).
  • Lavar o cabelo com mais frequência – Os cabelos com Baixa Porosidade acumulam a sujidade mais facilmente do que os outros tipos, e por isso sempre que possa opte por lavar o cabelo para remover a acumulação dos produtos.
  • Deixe o champô atuar durante alguns minutos antes de enxaguar – Quando começar a lavar o cabelo, use primeiro de tudo água mais quente e depois quando aplicar o champô, esfregue no cabelo durante 1-2 minutos, isto porque o cabelo com Baixa Porosidade demora algum tempo a absorver os produtos, e dessa forma certifica-se que está realmente a abrir as cutículas para posteriormente a hidratação das máscaras ou condicionadores consigam entrar.
  • Usar proteínas com muita cautela – Um cabelo com Baixa Porosidade é mais sensível a proteínas e nem precisa de muitas por já ter as cutículas bem seladas. Deve sobretudo evitar produtos que contenham queratina nos ingredientes.

Sugestões de Produtos para Baixa Porosidade:

Clique aqui para consultar todos os produtos para Baixa Porosidade.

Alta Porosidade

Um cabelo com Alta Porosidade geralmente é associado a um cabelo menos saudável ou danificado. Mas este tipo de porosidade também pode ter origens genéticas.

As cutículas estão muito aberta e facilitam bastante a entrada da água e de outros produtos. Estes tipos de cabelo tendem também a perder rapidamente a hidratação ficando com um aspecto seco e áspero e dão nós com muita facilidade. No entanto, se forem bem hidratados e selados conseguem que a hidratação dure mais tempo.

Porque o seu cabelo tem Alta Porosidade?

O seu cabelo pode ter uma Alta Porosidade por inúmeros factores…

  1. Factor genético
  2. Alisamentos químicos e/ou tintas químicas
  3. Uso de Chapinhas/Alisadores/Modeladores/Secadores regularmente
  4. Demasiada exposição ao Sol ou contacto com a água salgada ou com cloro
  5. Demasiado uso de champôs agressivos com sulfatos ou com um pH muito elevado
  6. Falta de tratamentos com proteínas no cabelo.

Sintomas de Alta Porosidade:

  • O cabelo absorve a água rapidamente.
  • O cabelo suga rapidamente todos os produtos que aplica (cremes, leave-in’s, etc).
  • A hidratação não dura muito tempo, especialmente se só usar cremes leves ou aguados.
  • O seu cabelo prefere os produtos mais consistentes ou pesados (ex.: cremes densos ou pomadas).
  • Costuma secar rapidamente depois de lavar.
  • Dá nós com muita facilidade.
  • Geralmente costuma demorar pouco tempo para alisar quando usa desfrisantes.

Se tem a maioria destes sintomas é provável que o seu cabelo tenha Alta Porosidade.

Se não se identifica nem com os sintomas de Baixa nem de Alta Porosidade, possivelmente é porque o seu cabelo tem uma Porosidade Normal.

Soluções:

  • Usar óleos e produtos mais densos – Os óleos e cremes mais densos selam melhor as cutículas, ajudando que a hidratação permaneça dentro dos fios. Exemplos de óleos e manteigas espessas: óleo de rícino preto jamaicano, Africa’s Best Ultimate Herbal Oil, manteiga de karité, ou mesmo o óleo de abacate e o óleo de coco…).
  • Usar pomadas ou vaselinas se tem um cabelo crespo – As pomadas e vaselinas são ótimos selantes capilares e ajudam a manter as suas cutículas fechadas. Apenas use se tiver o cabelo crespo tipo 4, senão acabará por ficar com os fios demasiado pesados e gordurosos. Exemplos de pomadas: Blue Magic, DAX, Wonder Gro, Pro-Line, Ultra-sheen,…
  • Usar anti-humectantes – Quando a humidade do ar é muito excessiva, o cabelo absorve mais água do que aquela que necessita, isto provoca inchaços nos fios de cabelo e maior levantamento das cutículas, por isso deve fazer uso de produtos com ingredientes anti-humectantes para manterem a hidratação nos fios de cabelo e evitarem que o cabelo inche. Alguns ingredientes anti-humectantes podem ser por exemplo silicones, manteiga de karité, cera de abelha (beeswax) ou óleo de coco.
  • Usar produtos com um baixo pH – Qualquer produto com um pH entre 4 e 7 é o ideal para um cabelo poroso! Tenha atenção aos níveis de pH em champôs, condicionadores e leave-in’s já que são produtos que são usados quando o cabelo está molhado, ou seja, quando está mais sensível e com as cutículas mais abertas. Leia mais aqui sobre o pH no cabelo.
  • Evitar usar champôs com sulfatos e fazer mais Co-wash – Os champôs com sulfatos levantam muito as cutículas dos fios. Opte por fazer mais Co-wash do que lavar o cabelo com champô. Por exemplo se lavar o cabelo mais do que 1 vez por semana, use champô apenas uma vez e nas restantes lavagens use um condicionador co-wash como substituto do champô.
  • Adicionar sumo de Aloe Vera à sua rotina semanal – Misture 1/3 de sumo de Aloe Vera e 3/4 de água num pulverizador e use esta mistura no cabelo antes de aplicar o creme de pentear. Outra sugestão é misturar 1-2 colheres de chá de Aloe Vera com a máscara numa tigela à parte quando fizer tratamentos com máscaras. A Aloe Vera baixa muito os níveis de pH e é conhecida por fechar as cutículas.
  • Fazer tratamentos com proteínas com alguma regularidade – As proteínas vão ajudar a reconstruir os fios do seu cabelo, por isso deve usá-las com alguma frequência (de 15 em 15 dias). Mas não as use demasiado, podem deixar o seu cabelo rijo, sem elasticidade e quebradiço, por isso é importante que vá alternando com uma máscara hidratante e nutritiva!
  • Não lavar o cabelo com água muito quente – A água quente faz levantar as cutículas, e tudo o que menos, por isso opte por lavar o cabelo com água morna ou o mais fria possível essencialmente no último enxaguamento.
  • Usar produtos com muitas ceramidas – O óleo de semente de uvas contém 73% de ceramidas na sua composição. (Clica aqui para leres a postagem sobre as ceramidas).
  • Fazer ACV Rinse (Lavagem com Vinagre de Maçã) nos cabelos desfrisados/relaxados – Se tem o cabelo desfrisado/relaxado, faça um ACV Rinse regularmente depois de lavar ou fazer co-wash ao cabelo. O vinagre de maçã biológico não-filtrado é conhecido por baixar os níveis de pH do cabelo e por fechar as cutículas dos fios permitindo que a hidratação fixe no cabelo.

Sugestões de Produtos para Alta Porosidade:

Clique aqui para consultar todos os produtos para Alta Porosidade.

Lista de Espera Vamos informá-lo assim que o produto estiver de volta ao stock. Por favor insira um email válido para receber a notificação.